sábado, maio 04, 2013

Misterioso azul





 Amor,Amor,Amor. Como tu és importante para eles. Estarei aqui deitada esperando tudo passar por uma janela.

‘’Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!’’

 Todos dirão a rápida resposta,mais contarei em sussurros a loucura de uma resposta. Dirão que não existe motivos,mais eu direi que todos tem seus motivos e guardam isso (claramente pode ser uma ordem,não é preciso ter uma formação para se saber). Talvez alguém lá no começo antigo tenha descoberto e se guardado e tenha ficado por lá mesmo,em um passado distante. Adjetivos são o gostar,loucura mais adjetivos(...) são o amar. O céu azul misterioso da noite guardou a resposta,que ele tenha ficado quieto diante das loucuras. Sem motivos nenhum estou a questionar,direi também que necessito de uma memória ruim,se alguém tiver para vender eu compro. O céu escuro não responderá em clareza,irei repetir varias vezes. Não ousarei a contar,já não falarei o que estou a falar. Não ficarei me gastando repetindo coisas que nem certeza tenho,o único que tem respostas é o misterioso azul. A loucura de uma resposta será dita em breve,causas emocionais será uma complicação... Sempre foram.. Estou ainda a procura de uma memória ruim.


2 comentários:

  1. Texto muito lindo *-------*
    XOXO
    http://justacupcake1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. oi lindona!!
    adorei seu post
    é bem interessante!! e muito legal :)
    eu orgulhosamente seguindo voce!!! S2
    me segue de volta!!!
    ficaria muito honrada e grata!!
    sucesso!!

    dicasdesole.blogspot.com.br

    beijokass!!!

    ResponderExcluir